Biblioteca-Museu República e Resistência

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Biblioteca-Museu República e Resistência encontra-se situado em São Domingos de Benfica, Lisboa, no Bairro Grandela, um bairro operário do princípio do século XX construído por Francisco de Almeida Grandela. Foi inaugurado em 5 de setembro de 2011.[1]

O Museu da República e Resistência estuda e investiga a História Contemporânea Portuguesa, em articulação com Universidades e Associações Culturais.

A sua biblioteca, situada num conjunto de habitação social do Rego, está especializada em História Contemporânea e na preservação das memórias da Resistência, documentação sobre os movimentos cívicos de século XX. Conta com um painel de Maria Keill no Átrio da Biblioteca-Museu República e Resistência

Pode-se aí encontrar diversas obras e documentos que permitem um olhar diferente sobre a I República Portuguesa, para além da imprensa clandestina das oposições ao Estado Novo.

O Director do Museu, é o Dr. João M. Mascarenhas.

Referências

  1. “Arte Universal” na Biblioteca Museu República e Resistência. Raia Diplomática (31 de agosto de 2011). Página visitada em 4 de abril de 2014.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]