Mustafa Mohamed Abud Al Jeleil

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mustafa Abdul Jalil
مصطفى عبد الجليل
Presidente do Conselho Nacional de Transição da  Líbia
Mandato 5 de março de 2011 - 8 de agosto de 2012
Vice-presidente Abdul Hafiz Ghoga
Mustafa Honi
Primeiro-ministro Mahmoud Jibril
Ali Tarhouni (interino)
Abdurrahim El-Keib
Antecessor(a) Muammar al-Gaddafi (Líder Fraternal e Guia da Revolução)
Mohamed Abu Al-Quasim al-Zwai (Secretário Geral do Congresso Geral Popular)
Sucessor(a) Mohammed Ali Salim (Presidente interino do Congresso Geral Nacional)
Ministro da Justiça da Líbia Flag of Libya (1977-2011).svg
Mandato 10 de janeiro de 2007 até 21 de fevereiro de 2011
Vida
Nascimento 1952 (58-59 anos)
Bayda, Reino da Líbia Flag of Libya (1951).svg
Dados pessoais
Alma mater Universidade da Líbia
Academia Militar de Benghazi
Religião Islamismo sunita
Profissão Juiz

Mustafa Mohamed Abud Al Jeleil, chamado por algumas vezes de Mostafa Mohamed Abdel-Jalil ou Mostafa Mohamed Abdeljalil, é um político líbio. Ele foi o ministro da Justiça até renunciar ao cargo em 2011 como forma de protesto à violência contra manifestastes opositores ao regime ditatorial de Muammar Gaddafi usada pelo governo da Líbia.[1] Ele tem se mostrado contra as violações aos direitos humanos no país.

Nasceu em 1953 na cidade de Al Bayda, na juventude chegou a atuar na seleção nacional líbia de futebol.

Em 1975, licenciou-se em Sharia e Direito e começou a trabalhar no Ministério Público, três anos depois foi nomeado juiz que ganhou notoriedade por proferir sentenças que contrariavam claramente as orientações e os interesses de Muammar Khadafi, entretanto, em 2007 foi nomeado como ministro da Justiça, como ministro continuou a criticar o regime por não acatar as decisões dos tribunais e manter em cativeiro 200 presos políticos[2] .

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.