Mustafa Mohamed Abud Al Jeleil

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mustafa Abdul Jalil
مصطفى عبد الجليل
Presidente do Conselho Nacional de Transição da  Líbia
Período 5 de março de 2011 - 8 de agosto de 2012
Vice-presidente Abdul Hafiz Ghoga
Mustafa Honi
Antecessor(a) Muammar al-Gaddafi (Líder Fraternal e Guia da Revolução)
Mohamed Abu Al-Quasim al-Zwai (Secretário Geral do Congresso Geral Popular)
Sucessor(a) Mohammed Ali Salim (Presidente interino do Congresso Geral Nacional)
Ministro da Justiça da Líbia Flag of Libya (1977-2011).svg
Período 10 de janeiro de 2007 até 21 de fevereiro de 2011
Dados pessoais
Nascimento 1952 (58-59 anos)
Bayda, Reino da Líbia Flag of Libya (1951-1969).svg
Alma mater Universidade da Líbia
Academia Militar de Benghazi
Religião Islamismo sunita
Profissão Juiz

Mustafa Mohamed Abud Al Jeleil, chamado por algumas vezes de Mostafa Mohamed Abdel-Jalil ou Mostafa Mohamed Abdeljalil, é um político líbio. Ele foi o ministro da Justiça até renunciar ao cargo em 2011 como forma de protesto à violência contra manifestastes opositores ao regime de Muammar Gaddafi usada pelo governo da Líbia.[1]

Nasceu em 1953 na cidade de Al Bayda, na juventude chegou a atuar na seleção nacional líbia de futebol.

Em 1975, licenciou-se em Sharia e Direito e começou a trabalhar no Ministério Público, três anos depois foi nomeado juiz que ganhou notoriedade por proferir sentenças que contrariavam claramente as orientações e os interesses de Muammar Khadafi, entretanto, em 2007 foi nomeado como ministro da Justiça, como ministro continuou a criticar o regime por não acatar as decisões dos tribunais e manter em cativeiro 200 presos políticos (presos por prestarem serviço ao imperialismo estadunidense) [2].

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.