Mutemuia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Mutemuia foi uma rainha egípcia, esposa do rei Tutmés IV e mãe de Amenófis III.

Não se sabe muito sobre as origens desta rainha. Durante algum tempo os investigadores consideraram-na uma princesa do Império Mitanni, filho do rei Artatama I, que teria sido dada em casamento a Tutmés IV, mas hoje em dia não há tantas certezas em torno desta identificação.

Os faraós poderiam ter várias mulheres, mas apenas uma ocupava o cargo de esposa principal (ou grande esposa real). Não era esta a situação de Mutemuia, que se sabe ter sido uma esposa secundária.

Quando o seu filho se tornou rei, a rainha adquiriu outra posição que se confirma pelas inscrições nos seus monumentos, nos quais é chamada "grande esposa real", "mãe de rei" e "mãe do deus" (sendo o deus o seu filho). Por vezes sugere-se uma regência de Mutemuia durante a menoridade do filho (que teria entre os seis e os doze anos quando se tornou rei), mas não há provas conclusivas que sustentem esta teoria.

Nos relevos do templo de Luxor encontra-se representado o nascimento divino de Amenófis III. De acordo com a representação, o deus Amon-Ré, assumindo a forma de Tutmés IV, visita a rainha nos seus aposentos. Após revelar a sua verdadeira identidade, o deus e a rainha concebem o futuro rei.

Não se sabe quando faleceu esta rainha. Contudo, dado surgir representada nos Colossos de Memnon, é provável que tenha vivido até à última década do reinado do filho.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • O´CONNOR, David; CLINE, Eric H. - Amenhotep III: Perspectives on His Reign. University of Michigan Press, 2001. ISBN 0472088335
Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.