Nansō Satomi Hakkenden

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Gravura de Utagawa Kuniyoshi retratando a princesa Fuse a salvar Inue Shimbyoe Masahi de um trovão, uma das cenas de "Nansō Satomi Hakkenden".

Nansō Satomi Hakkenden (em kyūjitai: 南總里見八犬傳; em shinjitai: 南総里見八犬伝, forma antiga e moderna de kanji, respectivamente) é uma novela épica japonesa de 106 volumes, de autoria de Kyokutei Bakin. Tais volumes foram escritos e publicados em meio a um intervalo de quase trinta anos (1814 a 1842). Bakin ficou cego antes de finalizar a história, tendo de ditar as partes finais para sua nora Michi. O título tem sido traduzido para o português como "Crônicas dos oito cães de Satomi de Nanso".[1][2][3]

Referências

  1. Shirane, Haruo (2002). Early Modern Japanese Literature: an Anthology, 1600-1900. [S.l.]: Columbia University Press. p. 886. ISBN 0-231-10990-3 
  2. Rimer, J. Thomas (2007). The Columbia Anthology of Modern Japanese Literature: From Restoration to Occupation, 1868-1945. [S.l.]: Coughlan Publishing. p. 196. ISBN 0-231-11861-9 
  3. Keene, Donald (1955). Anthology of Japanese Literature, From the Earliest Era to the Mid-Nineteenth Century. [S.l.]: Grove Press. p. 423. ISBN 0-8021-5058-6