Nii-jima

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Nii-jima
NiijimaFromKozuTyoJpDec04-1.jpg
Localização
Localização Tóquio e Nijima (en), Japão Editar isso no Wikidata
Coordenadas 34°22'31.80"N, 139°15'49.32"E
Tipo ilha elevada

Nii-jima (新島?) é uma ilha vulcânica Japonesa administrada pelo Governo Metropolitano de Tóquio. Ela pertence ao Arquipélago de Izu, e está localizada a cerca de 163 quilômetros ao sul de Tóquio[1] e há 36 quilômetros ao sul de Shimoda, em Shizuoka. A Vila de Nii-jima faz parte da Subprefeitura de Ōshima da Metrópole de Tóquio junto com a ilha vizinha Shikine-jima, e a menor e inabitada Jinai-tō. Nii-jima também está dentro da área do Parque Nacional Fuji-Hakone-Izu.

História[editar | editar código-fonte]

Nii-jima permaneceu inabitada desde tempos pré-históricos, e arqueólogos encontraram numerosos vestígios do Período Jōmon, incluindo utensílios de pedra e cerâmica. Durante o Período Edo, Nii-jima, e também Hachijō-jima, era usada como local de exílio para monges e acadêmicos que discordavam do governo. A prática foi descontinuada após a Restauração Meiji.[2]

Geografia[editar | editar código-fonte]

Nii-jima é incomum entre as Ilhas Izu por conta de sua forma alongada. Medindo aproximadamente 11 quilômetros de comprimento por 2.5 quilômetros de largura, possui uma área total de 23.87 km2. A ilha é feita de oito domos de lava riolita em duas grupos no extremo norte e extremo sul da ilha, separados por um baixo e plano istmo. O complexo Mukai-yama (向山) na parte sul da ilha e o domo de lava Achiyama no extremo norte foram formados durante a única erupção histórica de Nii-jima, no século IX. O extremo norte também possui a Miyatsuka-yama (宮塚山), o ponto mais alto da ilha, com 432 metros. Shikine-jima e Jinnai-to também são partes do mesmo complexo, e formam ilhas separadas ao sudoeste e oeste de Nii-jima. A lava riolita resultou nas famosas falésias brancas e praias de areia branca.[3][4]

Nii-jima é propensa a sequências de terremotos.[5]

Referências

  1. Taiken Japan. «5 Motivos para Visitar Niijima». Consultado em 25 de fevereiro de 2018 
  2. digi-joho Tokyo Travel. «Niijima, an island of white sandy beaches (em Inglês)». Consultado em 25 de fevereiro de 2018 
  3. GO Tokyo. «Ilha de Niijima (em Inglês)». Consultado em 25 de fevereiro de 2018 
  4. Outdoor Japan. «Niijima: A Tokyo Surf Safari (em Inglês)». Consultado em 25 de fevereiro de 2018 
  5. Programa Global de Vulcanismo. «Report on Niijima (Japan)». Consultado em 25 de fevereiro de 2018