Niklaus von Wyle

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Niklaus von Wyle
(1410 - 1479)
Imagem presumível de Niklaus von Wyle
Nascimento 1410
Bremgarten, Aargau,  Alemanha
Morte 13 de abril de 1479
Stuttgart,  Alemanha
Nacionalidade  Alemanha
Alma mater Universidade de Sttutgart
Ocupação Humanista, tradutor, poeta e chanceler alemão

Niklaus von Wyle (1410-1479) (* Bremgarten, 1410Stuttgart, 13 de Abril de 1479), foi humanista, tradutor, poeta e chanceler alemão. Considerado um dos grandes expoentes do humanismo alemão, fez amizades com inúmeros humanistas, dentre eles, Enea Silvio Piccolomini (desde 1451) e em 1459 o humanista alemão, Albrecht von Eyb (1420-1475).[1].[2]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Wyle estudou artes liberais junto com o médico e humanista Heinrich Steinhöwel (1412-1479) em Viena, onde conseguiu o diploma de baccalaureus artium em 1433. Pouco depois deu aulas em Zurich, sendo nomeado chanceler em Radolfzell em 1444 e secretário do Conselho de Nuremberg em 1447. Em 1463, é nomeado conde palatino pelo imperador Frederico III. Na cidade de Esslingen, deu aulas particulares de escrita latina e alemã, estilística e ortografia, de direitos notariais e de literatura do primeiro renascimento italiano. Se distinguiu, sobretudo, pelas suas traduções alemãs de obras latinas. Em dezembro de 1469 vamos encontrá-lo ativo em Stuttgart, como vice-chanceler na administração da Corte dos condes de Württemberg.

Obras[editar | editar código-fonte]

  • "Dialog zwischen Bauer und Edelmann über den Adel", 1470
  • "Lobrede auf die Frauen", 1474
  • "Translatzen", 1478

Traduções alemãs de obras latinas[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

Veja também[editar | editar código-fonte]