Niklaus von Wyle

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Niklaus von Wyle
(1410 - 1479)
Imagem presumível de Niklaus von Wyle
Nascimento 1410
Bremgarten, Aargau, atual Alemanha
Morte 13 de abril de 1479
Stuttgart, atual Alemanha
Nacionalidade Alemão
Alma mater Universidade de Sttutgart
Ocupação Humanista, tradutor, poeta e chanceler alemão

Niklaus von Wyle (1410-1479) (* Bremgarten, 1410Stuttgart, 13 de Abril de 1479), foi humanista, tradutor, poeta e chanceler alemão. Considerado um dos grandes expoentes do humanismo alemão, fez amizades com inúmeros humanistas, dentre eles, Enea Silvio Piccolomini (desde 1451) e em 1459 o humanista alemão, Albrecht von Eyb (1420-1475).[1].[2]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Wyle estudou artes liberais junto com o médico e humanista Heinrich Steinhöwel (1412-1479) em Viena, onde conseguiu o diploma de baccalaureus artium em 1433. Pouco depois deu aulas em Zurich, sendo nomeado chanceler em Radolfzell em 1444 e secretário do Conselho de Nuremberg em 1447. Em 1463, é nomeado conde palatino pelo imperador Frederico III. Na cidade de Esslingen, deu aulas particulares de escrita latina e alemã, estilística e ortografia, de direitos notariais e de literatura do primeiro renascimento italiano. Se distinguiu, sobretudo, pelas suas traduções alemãs de obras latinas. Em dezembro de 1469 vamos encontrá-lo ativo em Stuttgart, como vice-chanceler na administração da Corte dos condes de Württemberg.

Obras[editar | editar código-fonte]

  • "Dialog zwischen Bauer und Edelmann über den Adel", 1470
  • "Lobrede auf die Frauen", 1474
  • "Translatzen", 1478

Traduções alemãs de obras latinas[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Referências

Veja também[editar | editar código-fonte]