Nome de Hórus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde Junho de 2013). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Estela do faraó Uenefés, com o Nome de Hórus

O Nome de Hórus era um dos vários nomes, ou títulos, pelo qual era conhecido o faraó adotando-os quando subia ao trono. Particularmente, dentre os vários nomes, este era o mais antigo sendo adotado desde as primeiras dinastias.

O sereque, estrutura na qual este título era inserido, aparece primeiramente na Paleta de Narmer. Para faraós anteriores à IV dinastia esta titulatura era a principal, sendo somente a partir desta dinastia que se torna comum o uso do Nome de Nesut-bity.

Sekhemib, da II dinastia, provavelmente por problemas políticos, mudou seu nome para Peribisene, substituiu a figura de Hórus, sobre o Sekhemib, pela figura de Seti, inventando assim uma nova variação para o sereque, o Nome de Seti. Então, khasekhemui, também da II dinastia, colocou a imagem de Hórus junto com a Seti em tentativa de conciliação.

A partir de c. 2 000 a.C., os faraós recebiam quatro títulos, além do nome que ele havia recebido ao nascimento. Estes nomes eram:[1]

  1. o nome de Hórus, a manifestação do falcão divino
  2. aquele das duas damas (ou seja, o Egito, representado pela deusa-cobra Uto e a deusa-abutre Necbete)
  3. o nome de Hórus de Ouro (expressando eternidade)
  4. aquele do junco e da abelha (ou seja, do Alto e Baixo Egito)
  5. filho de Rá (o nome próprio)

Exemplos[editar | editar código-fonte]

Por exemplo, o faraó conhecido por historiadores modernos como Tutemés I tinha os seguintes nomes:[1]

  1. Hórus, touro poderoso, amante da Verdade
  2. Aquele das duas damas, nascido da serpente flamejante, de grande força
  3. Hórus de ouro, perfeito em anos, aquele que dá vida aos corações
  4. Aquele do junco e da abelha, Aakheperkara
  5. Filho de Rá Tutemés, que vive para sempre

Outros exemplos:

Nome de Hórus de Ramessés II
Hieroglifo
G5
E1
D44
P11
X1
C10U6M17M17
Srxtail.jpg
Transliteração kȝ-nḫt mrj-Mȝˁ.t
Transliteração (ASCII) (Hr) kA-nxt mry-mAat
transcrição (Hórus) Kanakht meriamun
Tradução "Touro vitorioso amado de Amom."
Nome de Hórus de Aquenáton
Hieroglifo
G5
E2
D40
X7A28S9
Srxtail.jpg
Transliteração kȝ nḫt ḳȝ šwty
Transliteração (ASCII) kA-nxt qA-Shwty
transcrição Kanakht Qashuti
Tradução "Touro poderoso com duas altas plumas."

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Jona Lendering, Egyptian Pharaohs [em linha]
Ícone de esboço Este artigo sobre Egiptologia é um esboço relacionado ao Antigo Egito. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.