O Rio ou Relação da Viagem que Faz o Capibaribe de Sua Nascente à Cidade do Recife

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde setembro de 2013). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
O Rio ou Relação da Viagem que Faz o Capibaribe de Sua Nascente à Cidade do Recife
Autor(es) João Cabral de Melo Neto
Idioma Português
País  Brasil
Género Poesia
Lançamento 1953

O Rio ou Relação da Viagem que Faz o Capibaribe de Sua Nascente à Cidade do Recife publicado em 1953 é um livro de João Cabral de Melo Neto, na sua linha mais popular, como Morte e vida severina.
O Rio é um poema narrativo que tem como narrador o próprio rio que narra a sua viagem, partindo da nascente na aridez do sertão, passando através da fértil zona da mata, até chegar à cidade de Recife.[1]

Referências

  1. Revista COLÓQUIO/Letras n.º 32 (Julho de 1976), pág. 35.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.