Objeto (psicanálise)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde novembro de 2017). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Na psicanálise, um objeto é uma representação mental de um objeto externo. Assim, não se fala em investimento de energia psíquica ou catexia em relação a objetos externos, mas sim em relação a suas representações na mente do indivíduo. Em outras palavras, não se sente amor ou raiva de uma pessoa e sim do seu símbolo psíquico. A importância dessa diferença é que a libido não pode sair da mente para se fixar em coisas externas e que o símbolo mental sofre distorções conforme a percepção do indivíduo.

Ícone de esboço Este artigo sobre psicologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Referências[editar | editar código-fonte]