Olivier du Guesclin

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Searchtool.svg
Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Pode encontrar ajuda no WikiProjeto História.
Se existir um WikiProjeto mais adequado, por favor corrija esta predefinição.

Olivier du Guesclin (m. entre 1400[carece de fontes?] e 1403[1]) foi conde de Longueville, senhor de la Guerche, de Broons e de la Rochetesson.

Irmão de Bertrand du Guesclin, herói da guerra dos Cem Anos e segundo filho[2] de Roberto II du Guesclin (c. 1300-1353), senhor de la Motte-Broons, e de sua esposa Jeanne de Malesmains (m. em 1350).

Biografia[editar | editar código-fonte]

União com Péronelle d'Amboise[3], filha de João d'Amboise, visconde de Thouars, e de Marie de Flandres. Serviu nas guerras de Bretanha e de Flandres, de 1360 a 1388.[3] Foi feito prisioneiro por um certo Tomás de Canterbury, cavaleiro inglês sob as ordens do duque de Lancastre[4], o rival inglês de seu irmão.

À morte do seu irmão Bertrand du Guesclin, retoma o título de conde de Longueville.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Chronique de Bertrand Du Guesclin - De Cuvelier, Guillaume de Saint-André, Ernest Charrière - google book.

Notas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.