Otto Mencke

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Otto Mencke
Filosofia, matemática
Nacionalidade Alemanha Alemão
Residência  Alemanha
Nascimento 22 de março de 1644
Local Oldemburgo, Ducado de Oldemburgo
Morte 18 de janeiro de 1707 (62 anos)
Local Leipzig, Eleitorado da Saxônia
Atividade
Campo(s) Filosofia, matemática
Instituições Universidade de Leipzig
Alma mater Universidade de Leipzig
Tese 1665: Ex Theologia naturali — De Absoluta Dei Simplicitate, Micropolitiam, id est Rempublicam In Microcosmo Conspicuam
Orientador(es) Jakob Thomasius[1]
Orientado(s) Christian Michelmann, Johann Christoph Wichmannshausen
Conhecido(a) por Acta Eruditorum
Notas Pai de Johann Burckhardt Mencke

Otto Mencke (22 de março de 16441707) foi um filósofo e matemático alemão. Doutorado pela Universidade de Leipzig em 1666, com a tese Ex Theologia naturali — De Absoluta Dei Simplicitate, Micropolitiam, id est Rempublicam In Microcosmo Conspicuam.

É particularmente notável por ter fundado em 1682 o primeiro periódico científico na Alemanha, o Acta Eruditorum. Foi professor de filosofia moral na Universidade de Leipzig, mas é mais conhecido por sua genealogia acadêmica, que produziu uma linhagem refinada de matemáticos, incluindo personalidades notáveis como Carl Friedrich Gauss e David Hilbert.

O Mathematics Genealogy Project registra 80135 matemáticos afim em sua linhagem (em 1 de fevereiro de 2014).

Isaac Newton e Mencke corresponderam-se em 1693.

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.