Pál Szinyei Merse

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Retrato de Szinyei Merse por Wilhelm Leibl (1869)

Pál Szinyei Merse (Chminianska Nová Ves, 4 de julho de 1845Jarovnice, 2 de fevereiro de 1920) foi um pintor húngaro. Iniciou carreira pintando cenas no estilo clássico, e mais tarde tornou-se impressionista. Tematizou paisagens e figuras da planície húngara. Participou do Salão de Paris e, em 1900, conquistou medalha de ouro na Exposição Universal da mesma cidade.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Ele nasceu em uma família da nobreza que apoiou a Revolução Húngara. Por causa da agitação política, ele freqüentou escolas particulares. Em 1864, com o apoio de seus pais, ele foi matriculado na Academia de Belas Artes de Munique, onde estudou com Alexander von Wagner. Mais tarde, de 1867 a 1869, seu professor foi Karl von Piloty.[1]

Faun és nimfa (1867)
  • Szinyei Merse, edited by Gabriella Szvboda Dombánszky, Kossuth Publishing (2006)

Links externos[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Pál Szinyei Merse
Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) pintor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. Fine Arts in Hungary Brief biography.