Píleo (micologia)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Em micologia, píleo é o nome técnico para o chapéu de um basidiocarpo ou de um ascocarpo (corpo frutífero) que suporta uma superfície portadora de esporos, o himénio.[1] Este pode consistir de lamelas, ou "dentes", na face inferior do píleo. O píleo é caraterístico de agáricos, boletos, alguns poliporos, hidnoides e alguns ascomicetes.

Classificação[editar | editar código-fonte]

Os píleos podem ter várias formas, e a forma pode mudar ao longo do ciclo de crescimento de um fungo. A forma mais familiar é hemisférica ou convexa. Frequentemente, os píleos convexos continuam a expandir-se à medida que maturam até ficarem planos.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. Moore-Landecker, E: "Fundamentals of the Fungi", page 560. Prentice Hall, 1972.

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Arora, D: "Mushrooms Demystified", Ten Speed Press, 1986.
Ícone de esboço Este artigo sobre fungos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.