Públio Célio Apolinário

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Públio Célio Apolinário
Cônsul do Império Romano
Consulado 111 d.C.

Públio Célio Apolinário (em latim: Publius Coelius Apollinaris) foi um senador romano nomeado cônsul sufecto para o nundínio de setembro a dezembro de 111 com Lúcio Otávio Crasso[1]. Provavelmente foi o pai de Públio Célio Balbino Vibúlio Pio, cônsul em 137[2].

Ver também[editar | editar código-fonte]

Cônsul do Império Romano
Vexilloid of the Roman Empire.svg
Precedido por:
'Marco Peduceu Priscino

com Sérvio Cornélio Cipião Salvidieno Orfito
com Caio Avídio Nigrino (suf.)
com Tibério Júlio Áquila Polemeano (suf.)
com Lúcio Catílio Severo Juliano Cláudio Regino (suf.)

com Aulo Lárcio Prisco (suf.)
com Sexto Márcio Honorato (suf.)

Caio Calpúrnio Pisão
111

com Marco Vécio Bolano
com Tito Avídio Quieto (suf.)
com Lúcio Égio Márulo (suf.)
com Lúcio Otávio Crasso (suf.)
com Públio Célio Apolinário (suf.)

Sucedido por:
'Trajano VI

com Tito Sêxtio Cornélio Africano
com Cneu Pinário Cornélio Severo (suf.)
com Lúcio Múmio Níger Quinto Valério Vegeto (suf.)
com Públio Estertínio Quarto (suf.)
com Tito Júlio Máximo Manliano Broco Serviliano (suf.)
com Caio Cláudio Severo (suf.)
com Tito Setídio Firmo (suf.)


Referências

  1. Alison E. Cooley, The Cambridge Manual of Latin Epigraphy (Camrbidge: University Press, 2012), pp. 467ss
  2. Der Neue Pauly, Stuttgart 1999, T. 3, c. 58