Palazzo delle Sacre Congregazioni Romane

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Esquina do palácio, na Via Luciano Manara (esq.) com a Via di San Cosimato (dir.).
Disambig grey.svg Nota: Não confundir com o Palazzo delle Congregazioni, no rione Borgo.

Palazzo delle Sacre Congregazioni Romane é um palácio localizado num grande quarteirão que vai da Piazza di San Callisto, passa pela Via di San Cosimato, Via Luciano Manara e Via Giacomo Venezian, no rione Trastevere de Roma. É ligado ao vizinho Palazzo di San Callisto, do qual é um anexo.

História[editar | editar código-fonte]

Em 1930, o papa Pio XI determinou a construção de um imenso anexo ao Palazzo di San Calisto para abrigar as Sagradas Congregações. As obras de começaram em 1932 com base num projeto do arquiteto Giuseppe Momo e o edifício foi inaugurado em 25 de maio de 1936 pelo próprio Pio XI. Em 1964, o Vicariato transferiu sua sede do antigo Palazzo Maffei Marescotti para o Palazzo di San Callisto, onde permaneceu por apenas três anos. Em 1967, a sede se transferiu definitivamente para o Palácio de Latrão[1].

Lateral do palácio na Via Luciano Manara (direita).

No pátio interno está uma estátua de Pio XI, obra do escultor Eduardo Rubino[1].

Segundo o Tratado de Latrão, toda a região do palácio pertence à Santa Sé e é uma zona extraterritorial do Vaticano em Roma.

Utilização[editar | editar código-fonte]

O Palazzo di San Callisto e o anexo no Palazzo delle Sacre Congregazione Romane abrigam os seguintes escritórios:

Referências

  1. a b «Palazzo delle Sacre Congregazioni Romane» (em italiano). InfoRoma