Pandora (joalheria)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Pandora
Pandora Logo 2019.svg
Razão social Pandora A/S
Empresa de capital aberto
Slogan "Unforgettable moments"
(em Inglês)
Cotação Nasdaq Copenhagen: PNDORA
NASDAQ: PNDORA
Atividade Varejo, Ourivesaria
Fundação 1982 (39 anos)
Fundador(es) Per Enevoldsen
Sede Copenhaguen,  Dinamarca
Área(s) servida(s) Mundo
Proprietário(s) Thaís Marschner Melhem
Presidente Anders Colding Friis[1]
Vice-presidente Magnus Thorstholm Jensen[1]
Pessoas-chave Peder Tuborgh (Presidente do conselho de administração)
Empregados 22,300 (2017)
Produtos Joias, Braceletes, Anéis, Brincos
Lucro Aumento DKK 6.025 bilhões (2016)
Faturamento Aumento DKK 20.281 bilhões (2016)
Website oficial Pandoragroup.com

Pandora A/S também conhecida como PANDORA, é a segunda maior fabricante de joias do mundo.[2] É conhecida principalmente por seus braceletes, anéis e brincos customizáveis.

Foi fundada em 1982 por Per Enevoldsen em Copenhagen, Dinamarca e emprega mais de 17.890 pessoas globalmente sendo que 12.000 na fábrica destinada à produção na Tailândia.[3]

No Brasil, entrou em 2009 e começou a se expandir em 2013 com a abertura de lojas e expansão geográfica.[4][5]

Em maio de 2021, a joalharia anunciou que vai deixar de utilizar diamantes extraídos de minas para passar a comercializar apenas sintéticos de laboratório. Medida é comunicada um ano depois de optar por usar apenas ouro e prata reciclados até 2025[6].

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma empresa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.