Papel inimitável

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Exemplar de um papel inimitável, criado e impresso por Hércules Florence, em 1870.

Papel inimitável foi uma criação de Hércules Florence, em 1842, que tinha por objetivo sua utilização como Papel-moeda por ser dificilmente falsificável. Sua fabricação era feita a partir de uma técnica que gravava todas as cores ao mesmo tempo no papel. As tintas utilizadas, também criadas por Florence, eram misturadas e tomavam a forma de figuras desenhadas por uma ponta de metal, previamente aquecida. A partir destas misturas se criava diferentes figuras e tons que, com a umidade, eram gravados permanentemente no papel. Por conta do caráter aleatório e único das figuras formadas pelas misturas de tinta, as notas estariam protegidas da falsificação. [1] [2]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.