Pedro II Pitões

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde dezembro de 2012). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Baixo relevo de D. João Peculiar e D. Pedro Pitões, em Lisboa (Metro Martim Moniz).

Pedro II Pitões (m. 1152) foi um bispo do Porto eleito em 1145, famoso por seu papel na Reconquista.

Em 1147, Pedro Pitões foi encarregado pelo rei D. Afonso Henriques de receber uma frota de cruzados do norte da Europa que tomavam parte da Segunda Cruzada. No Porto, D. Pedro fez um discurso aos cruzados para convencê-los a ajudar os portugueses a conquistar Lisboa. O discurso do bispo aos cruzados aparece transcrito em De expugnatione Lyxbonensi, manuscrito redigido por um cruzado anglo-normando presente entre os ouvintes.

Do Porto, D. Pedro acompanhou os cruzados até os arredores de Lisboa, onde se encontraram com o rei português. Ali, depois de algumas tentativas diplomáticas, os cruzados aceitaram prestar ajuda na conquista da cidade.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Pedro (I) Rabaldes
Brasão episcopal.
Bispo do Porto

1145 - 1152
Sucedido por
Pedro (III) Sénior