Saltar para o conteúdo

Pepernoot

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Pepernoot
Pepernoot
Categoria Biscoito
País Países Baixos
Ingrediente(s)
principal(is)
Farinha de centeio, mel, anis, canela
Receitas: Pepernoot   Multimédia: Pepernoot

Pepernoot é um tipo de biscoito consumido principalmente durante as festividades de Sinterklaas, nos Países Baixos. Tradicionalmente, os pepernoten são escondidos para que as crianças possam procurá-los.

Pepernoten, também conhecido pelos nomes antigos peperneut ou peperbol, são feitos de farinha de centeio, mel e anis, e assados em pequenos pedaços de massa irregulares.[1][2][3] Versões modernas da receita favorecem outras especiarias, como cravo, canela e gengibre, sobre o anis.

Origem[editar | editar código-fonte]

A menção mais antiga ao pepernoot data de 1640, em Groningen, em um cartaz anunciando uma associação de padeiros.[4] Acredita-se que o nome pepernoten é relacionado ao uso de pimenta (peper, em neerlandês) na receita original; no entanto, o ingrediente não era presente em todas as preparações do biscoito, por conta do alto custo no passado.[5] Outra explicação pode ser que peper funcionaria como um termo guarda-chuva para especiarias em geral.[6]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. «Kruidnoten zijn echt iets anders dan pepernoten». NRC (em neerlandês). Consultado em 11 de fevereiro de 2022 
  2. «Pepernoten / kruidnoten». Onze Taal. Consultado em 11 de fevereiro de 2022 
  3. «Oud Hollandse pepernoten». baksels.net (em neerlandês). 25 de novembro de 2015. Consultado em 11 de fevereiro de 2022 
  4. Perton, Harry (23 de março de 2020). «De Groninger pepernotenkwestie». groninganus (em neerlandês). Consultado em 11 de fevereiro de 2022 
  5. Verbakel, Anke (16 de outubro de 2008). «Waarom spreekt men over een pepernoot, terwijl in het recept geen peper zit?». Eindhovens Dagblad. Consultado em 11 de fevereiro de 2022 
  6. «Waarom heten pepernoten eigenlijk pepernoten?». NRC (em neerlandês). Consultado em 11 de fevereiro de 2022