Canela

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura a cidade brasileira, veja Canela (Rio Grande do Sul). Se procura outros significados, veja Canela (desambiguação).
Pau-de-canela, canela em pó e flores secas de Cinnamomum verum.
Canela em estado natural.

Canela é uma especiaria, obtido a partir da casca interna de várias espécies de árvores do género Cinnamomum (família Lauraceae), usado tanto em alimentos doces como em salgados. O termo "canela" também se refere à cor acastanhada da especiaria depois de moída. A canela obtida a partir da espécie Cinnamomum verum é frequentemente considerado como "canela verdadeira", mas a maioria canela que circula no comércio internacional é derivado de espécies relacionadas, em especial de Cinnamomum cassia, a "cássia".[1][2] Por serem utilizada na produção da especiaria homónima, canela é o nome comum de mais de uma dezena de espécies do género Cinnamomum e das especiarias produzidas a partir do seu ritidoma.[3] Apenas algumas espécies de Cinnamomum são cultivadas comercialmente para produção de especiarias.

Notas

  1. Iqbal, Mohammed (1993). «International trade in non-wood forest products: An overview». FO: Misc/93/11 - Working Paper. Food and Agriculture Organization of the United Nations. Consultado em 12 de novembro de 2012 
  2. "Cassia, also known as cinnamon or Chinese cinnamon is a tree that has bark similar to that of cinnamon but with a rather pungent odour," Bell, Maguelonne Toussaint-Samat ; translated by Anthea (2009). A history of food New expanded ed. Chichester, West Sussex, U.K.: Wiley-Blackwell. ISBN 978-1405181198 
  3. Wikisource-logo.svg Vários autores (1911). «Cinnamon». In: Chisholm, Hugh. Encyclopædia Britannica. A Dictionary of Arts, Sciences, Literature, and General information (em inglês) 11.ª ed. Encyclopædia Britannica, Inc. (atualmente em domínio público) 
Ícone de esboço Este artigo sobre culinária é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.