Perau da Nêga

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

O Perau da Nêga é uma formação geológica localizada no interior do município de Boqueirão do Leão, Rio Grande do Sul, Brasil (29° 20' 15" S 52° 26' 16" O). Esta formação propicia um microclima ideal para o desenvolvimento de bromélias do gênero Dyckia nas suas paredes e de xaxim nos arredores da formação. Ambas espécies estão ameaçadas de extinção. Além disso, nos arredores do Perau da Nêga e Cascata do Gamelão, é possível observar populações de Trithrinax brasiliensis, espécie criticamente ameaçada de extinção no estado do Rio Grande do Sul.[1] A região não está protegida por lei, dificultando a preservação destas e outras espécies.

Referências

  1. Sühs, R.B. & Putzke, J. 2010. Nota sobre a ocorrência de uma população de Trithrinax brasiliensis Martius(Arecaceae) no Vale do Rio Pardo, Rio Grande do Sul, Brasil. Pesquisas, Botânica 61:330-332 São Leopoldo: Instituto Anchietano de Pesquisas. (http://www.anchietano.unisinos.br/publicacoes/botanica/botanica61/15.pdf)