Philip Lamantia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Philip Lamantia
Nascimento 23 de outubro de 1927
San Francisco, Estados Unidos da América
Morte 7 de março de 2005 (77 anos)
Nacionalidade Estados Unidos Norte-americano
Cônjuge Nancy Peters
Ocupação Poeta

Philip Lamantia (San Francisco, 23 de outubro de 1927 - 7 de março de 2005) foi um poeta dos EUA. Tendo encontrado problemas em sua vida pessoal desde muito jovem, em função dos seu gosto literário, desde os 16 anos de idade praticou poesia em estilo surrealista, embora não tivesse consciência disto no início, não tendo conhecimento de sua teoria. É acolhido por André Breton, mas se afasta do movimento Surrealista já em 1944. Na década de 1950 aproxima-se da Geração Beat.

Serviu de inspiração à personagem Francis DaPavia de Os Vagabundos Iluminados (título no Brasil) ou Os Vagabundos do Dharma (2000) ou Os Vagabundos da verdade (1965) (título em Portugal), romance de Jack Kerouac.

Ícone de esboço Este artigo sobre a biografia de um(a) escritor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.