Piazza della Signoria

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Piazza della Signoria
Giuseppe Zocchi - The Piazza della Signoria in Florence - WGA25992.jpg
Apresentação
Tipo
Localização
Endereço
Coordenadas
Piazza della Signoria

Piazza della Signoria é a praça central de Florença, sede do poder civil com o Palazzo Vecchio e o coração da vida social da cidade.[1] Em forma de L, encontra-se na parte central da Florença meridional, ao sul do Duomo e a poucas dezenas de metros da Ponte Vecchio e do rio Arno.

Edifícios[editar | editar código-fonte]

A Piazza della Signoria não se baseia em uma concepção uniforme, nem para a forma da praça em si, nem para a arquitetura emoldurada. É dominado no sudeste pelo Palazzo della Signoria, que tem sido chamado de Palazzo Vecchio desde a época dos Grão-Duques da Toscana. Próximo a ele está a Loggia dei Lanzi (também conhecida como Loggia della Signoria), e no meio abre a adjacente e alongada Piazza degli Uffizi com a Uffizi.[2][3][4]

Palazzo Vecchio[editar | editar código-fonte]

A praça é dominada no sudeste pelo Palazzo della Signoria, que tem sido chamado de Palazzo Vecchio desde a época dos Grão-Duques da Toscana. A construção é atribuída ao arquiteto Arnolfo di Cambio. Em 1540, o grão-duque Cosimo I de 'Medici decidiu mudar sua residência para o Palazzo. As obras de renovação incidiram principalmente no interior e no prolongamento, não tendo a fachada em direção à Piazza della Signoria sido afetada.

Loggia dei Lanzi / Loggia della Signoria[editar | editar código-fonte]

A Loggia dei Lanzi foi construída entre 1376 e 1381 para cerimônias oficiais e recepções. Durante o século 15, a loggia perdeu esta função e se transformou em um museu a céu aberto.

Tribunale della Mercanzia[editar | editar código-fonte]

O edifício foi erguido em 1359 no local do antigo teatro romano. No topo da fachada estão os brasões das 21 artes.

Palazzo Uguccioni[editar | editar código-fonte]

O Palazzo Uguccioni foi construído por Giovanni Uguccioni em 1550. Acima da entrada está o busto do Grão-Duque Francesco I.

Palazzo delle Assicurazioni Generali[editar | editar código-fonte]

O Palazzo delle Assicurazioni foi construído em 1871, para o qual a igreja de Santa Cecília e a sede da guilda Arte del Cambio tiveram que ser demolidas. Hoje, o prédio abriga o Café Rivoire.

Estátuas[editar | editar código-fonte]

Na própria praça há uma cópia do grupo de bronze Judith e Holofernes de Donatello (o original está no Palazzo Vecchio), uma cópia do David de Michelangelo (o original está na Accademia delle Arti del Disegno há 200 anos), o o grupo de mármore Hércules mata Cacus de Baccio Bandinelli, a Fonte de Netuno de Bartolomeo Ammanati, a estátua equestre de Cosimos I de Giambologna e outras obras de arte do Renascimento.[2][3][4]

Panorama da piazza

Galeria[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. CHIARINI, Gloria (2007). «Florence Art Guide» (em inglês). www.mega.it/eng/egui/hogui.htm. Consultado em 29 de setembro de 2012 
  2. a b lizabeth Shepherd: Concamarationes in ferro nitentes. Una regola vitruviana aplicata nelle Terme Romane di Piazza della Signorina a Firenze. In: Communications of the German Archaeological Institute, Roman Department 96, 1989, pp. 419-431.
  3. a b Nenzel, Nana Claudia (2001). Toscana (em alemão). [S.l.]: DuMont 
  4. a b «Gli scavi del teatro romano di Firenze». museicivicifiorentini.comune.fi.it. Consultado em 9 de setembro de 2021 
Ícone de esboço Este artigo sobre geografia da Itália é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.