Pisom

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

De acordo com a Bíblia, o rio Pisom (na tradução de Almeida[1]) ou rio Fison (na tradução da Bíblia Ave Maria[2]), derivada de Phison como era escrito antigamente[3], rodeava a terra de Havilá, onde há ouro[4]. Ele é o primeiro dos chamados Quatro Rios do Paraíso resultantes da divisão do rio que passava pelo Jardim do Éden[5], sendo os demais Giom[6], Tigre[7] e Eufrates[7].

Píson é uma palavra de origem hebraica que significa "mais espalhado". Um dos quatro rios que se ramificavam do ‘rio que saía do Éden’, e, depois, circundava a inteira terra de Havilá, terra que se diz ser fonte de ouro, de bdélio e de pedra de ônix.[8] A identificação do rio Píson é conjectural, sendo que as sugestões variam de certos rios da Armênia até o rio Ganges, na Índia.

Flávio Josefo identifica o rio Pisom com o Ganges e Giom com o rio Nilo[9].

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre História ou um(a) historiador(a) é um esboço relacionado ao Projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.