Planície de Ararate

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Vista da planície de Ararate, de Erevã

A planície de Ararate (em armênio/arménio: Արարատյան դաշտ; romaniz.: Araratyan dašt) é uma das maiores do planalto armênio. Ela se estende a oeste da bacia do Sevan, no sopé das montanhas Gelã. No norte, as bordas planas no Monte Aragats, e o monte Ararate no Sul. É dividido em duas secções pelo rio Aras, a parte norte localizada na Arménia, e a parte sul na Turquia.[1]

Etimologia[editar | editar código-fonte]

O historiador medieval armênio Moisés de Corene registrou em sua História da Armênia que a planície de Ararate foi nomeada após o rei Ara, o Belo, o bisneto de Amásia.[2]

Clima[editar | editar código-fonte]

A planície de Ararate e a bacia Sevan, são as áreas mais ensolaradas da Arménia, recebendo cerca de 2.700 horas de sol por ano. A duração mais curta da luz do sol está em áreas da zona da floresta de montanha de idade mediana (cerca de 2.000 horas). No sopé, raramente há um dia sem sol entre os meses de junho e outubro.[3][4]

Agricultura[editar | editar código-fonte]

A planície de Ararate abrange 4% da área terrestre total da Arménia, e ainda produz 40% da produção agrícola da Arménia.[3]

Galeria[editar | editar código-fonte]

Panorama da planície Ararat como visto de Dzorap, Arménia.

Referências

  1. Dowsett, Charles. «Armenia». Encyclopædia Britannica. Consultado em 10 de janeiro de 2015 
  2. «Mount Ararat Expedition!». Ararat Expedition. Consultado em 10 de janeiro de 2015 
  3. a b Petrosian, Irina; Underwood, David (15 de maio de 2006). Armenian Food: Fact, Fiction & Folklore. [S.l.]: LuLu. p. 23. ISBN 1411698657 
  4. «Planície Ararat». Triposo. Consultado em 10 de janeiro de 2015. Arquivado do original em 10 de janeiro de 2015 
Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia da Arménia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.