Plasmódio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura pelo(a) o parasita que causa a malária, veja Plasmodium.
Plasmódio de um Myxomycota.

Plasmódio é a designação dada em biologia às células multinucleadas formadas por divisão celular sem subsequente citocinese, ou seja em que a cariocinese não é seguida pela divisão do citoplasma.

Descrição[editar | editar código-fonte]

Os plasmódios são agregados que se apresentam sob a forma de uma massa gelatinosa. São típicos de algumas fases do ciclo de vida de vários tipos de protistas, entre os quais o protozoário que causa a malária, o género Plasmodium (de onde deriva o nome), e de um endocomensal das rãs e sapos, o género Opalina.

Entre os fungos mucilaginosos (ou bolores limosos) é frequente a formação de plasmódios, os quais se encontram em ambientes húmidos, deslizando lentamente pelo solo em busca de alimento.

Apesar da semelhança da estrutura resultante, o plasmódio diferencia-se do sincício, estrutura multinucleda que se forma por fusão de várias células.

Notas

Ver também[editar | editar código-fonte]