Polichinelo (exercício)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Crianças fazendo polichinelo.

Polichinelo é um exercício físico, usado principalmente para alongar e aquecer os músculos dos membros, braços e pernas. Exercício físico que exige uma certa coordenação motora e envolve movimentos dos membros superiores e inferiores. Exercício de aquecimento, antes de fazer outra atividade física. Muito comum em treinamento físico, principalmente militar. A pessoa inicialmente fica na posição erecta, ou seja, com as pernas totalmente fechadas e com as mãos coladas nas coxas, depois, com saltos no mesmo lugar e com movimentos sincronizados de braços e pernas, seguindo os seguintes passos: com um pulo, abre-se as pernas, levanta-se os braços acima da cabeça ao máximo tocando uma mão na outra e abaixa-os fechando as pernas e tocando as mãos novamente nas coxas, voltando a posição inicial e, assim, faz-se repetidas vezes.

Recordes e Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • O recorde, homologado pelo Guinnes Book, de maior número de polichinelos em um minuto é de 97 repetições, e foi alcançado por Brandon Gatto (EUA) no Old Forge High Veterans Memorial Stadium em Old Forge, Pensilvânia, EUA, em 1 de agosto de 2011. Este número foi igualado por Mario Silvestri (Itália) em Venafro, Isérnia, Itália, em 3 de março de 2018.[1]
  • Em 2010, a National Geographic Kids organizou um evento em 1.050 locais como parte da campanha "Let's Move!", de Michelle Obama, na qual foram reunidas 300.365 pessoas ao redor do mundo para fazerem polichinelos ao mesmo tempo em um período de 24 horas.[2]

Referências[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

  1. Guinness World Records. «Most Jumping Jack's in One Minute». Guinness Book of World Records. Consultado em 13 de dezembro de 2018 
  2. f5.folha.uol.com.br/ Michelle Obama lidera grupo que bate recorde mundial de polichinelos