Popular da Tarde

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Popular da Tarde, ou simplesmente Pop,[1] foi um jornal diário da cidade de São Paulo, Brasil, que circulou entre 2 de dezembro de 1968 e 16 de novembro de 1988.


Versão vespertina do Diário Popular, sua primeira edição circulou em 2 de dezembro[2] de 1968.[3] A rotativa que imprimiu os exemplares da primeira edição foi acionada pelo então prefeito José Vicente Faria Lima.[4] O governador Abreu Sodré participaria da cerimônia, porém seu voo desde o Rio de Janeiro atrasou-se, devido ao mau tempo.[4] "Baseados numa tradição de 84 anos [em referência à idade que o Diário Popular contava então], mas com uma juventude espiritual que nos permite encarar com naturalidade o presente e corajosamente o futuro, lançamos hoje este primeiro número do Popular da Tarde", publicou o periódico, em seu primeiro editorial.[2]

Em junho de 1976, quando as redações do Diário Popular e do Popular da Tarde se mudaram da Rua do Carmo para a Rua Major Quedinho (no prédio que a empresa comprou de O Estado de S. Paulo), o vespertino foi o primeiro jornal dos dois a ser impresso nas novas instalações, com novo formato[5] e novo projeto gráfico.[6]

O jornal circulou até 1988, tendo sua última edição em 16 de novembro.[7] "Depois de quase vinte anos de atividades na área esportiva, ele encerra suas atividades como jornal avulso e passa a ser um caderno esportivo de oito páginas diárias do centenário Diário Popular", escreveu o editor-chefe, Sérgio Carvalho.[7]

Referências

  1. «Pop completa hoje seu 6.º aniversário"». São Paulo: Diário Popular. Diário Popular (29 205). 3 páginas. 2 de dezembro de 1974 
  2. a b «Popular da Tarde: a primeira mudança, oito anos depois». São Paulo: Diário Popular. Diário Popular (29 767). 3 páginas. 22 de junho de 1976 
  3. «Na próxima semana, Popular da Tarde será impresso na Rua Major Quedinho». São Paulo: Diário Popular. Diário Popular (29 763). 3 páginas. 18 de junho de 1976 
  4. a b «São Paulo ganha um nôvo [sic] jornal». São Paulo: Diário Popular. Diário Popular (27 036). 5 páginas. 3 de dezembro de 1968 
  5. «Uma parte da nossa empresa começa a funcionar hoje na Major Quedinho». São Paulo: Diário Popular. Diário Popular (29 766). 3 páginas. 21 de junho de 1976 
  6. «Balcão de anúncios na Major Quedinho começa na 2.ª-feira». São Paulo: Diário Popular. Diário Popular (29 764). 3 páginas. 19 de junho de 1976 
  7. a b Sérgio Carvalho (16 de novembro de 1988). «Toque de Bola». São Paulo: Diário Popular. Popular da Tarde (6 196). 3 páginas