Portulacaceae

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaPortulacaceae
Portulaca grandiflora

Portulaca grandiflora
Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Eudicotiledôneas
Ordem: Caryophyllales
Família: Portulacaceae
Juss.[1]
Gêneros
Ver texto.
Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Portulacaceae

As Portulacaceae são uma família de plantas com flores, compreendendo 115 espécies em um único gênero Portulaca.[2] Anteriormente cerca de 20 gêneros com cerca de 500 espécies, foram colocados nesse grupo, mas agora se restringem a abranger apenas um gênero. A família tem sido reconhecida pela maioria dos taxonomistas, e é também conhecida como a família purslane; Tem uma distribuição cosmopolita, com a maior diversidade em regiões semi-áridas do Hemisfério Sul em África, Austrália e América do Sul, mas com algumas espécies também se estendendo para o norte em regiões árticas.

O sistema APG II (2003, inalterado do sistema APG de 1998) o atribui à ordem Caryophyllales em Eudicotyledoneae do núcleo do clado. No sistema APG III, vários gêneros foram movidos para Montiaceae, Didiereaceae, Anacampserotaceae e Talinaceae, tornando a família monotípica e contendo apenas o gênero Portulaca.[1]

Etimologia[editar | editar código-fonte]

O nome Portulaca deriva do latim portula, diminutivo de “porta”, que se refere a uma cápsula (flor) que se abre através de uma tampa como uma pequena porta.

Gêneros[editar | editar código-fonte]

A família Portulacaceae possui 10 gêneros reconhecidos atualmente.[3]


Referências

  1. a b Angiosperm Phylogeny Group (2009). «An update of the Angiosperm Phylogeny Group classification for the orders and families of flowering plants: APG III» (PDF). Botanical Journal of the Linnean Society. 161 (2): 105–121. doi:10.1111/j.1095-8339.2009.00996.x. Consultado em 6 de julho de 2013 
  2. Christenhusz, M. J. M., and Byng, J. W. (2016). «The number of known plants species in the world and its annual increase». Magnolia Press. Phytotaxa. 261 (3): 201–217. doi:10.11646/phytotaxa.261.3.1 
  3. «Portulacaceae» (em inglês). The Plant List. 2010. Consultado em 23 de dezembro de 2016 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  1. Joly, Aylthon B. (2005), Botânica, introdução à taxonomia vegetal – 13ª Edição.
  2. Souza, Vinicius C. & Lorenzi, Harri (2003), Botânica Sistemática – APG II, 2ª Edição.
  3. Souza, Vinicius C. & Lorenzi, Harri (2009), Botânica Sistemática – APG III, 3ª Edição.
  4. Barboso, Graziela M. & Peixoto, Ariane L. (2002), Sistemática de Angiospermas do Brasil – Volume I, 2ª Edição.
  5. http://floradobrasil.jbrj.gov.br/jabot/listaBrasil/ConsultaPublicaUC/ConsultaPublicaUC.do
  6. http://www.mobot.org/MOBOT/Research/APweb/welcome.html
  7. http://www.ceapdesign.com.br/familias_botanicas/portulacaceae.html
  8. https://sites.google.com/site/florasbs/portulacaceae/beldroega
  9. http://www.plantasmedicinaisefitoterapia.com/plantas-medicinais-portulaca.html
  10. http://www.cultivando.com.br/consulta_plantas_medicinais_aromaticas_e_condimentares_detalhes.html

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre a ordem Caryophyllales, integrado no Projeto Plantas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.