Praça Afonso de Albuquerque

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Praça Afonso de Albuquerque
Freguesia(s): Belém
Lugar, Bairro: Santa Maria de Belém
Ruas Afluentes: Rua da Junqueira
Calçada da Ajuda
Rua de Belém
Avenida da Índia
Nomeação: 5 de novembro de 1910
Homenageado(s): Afonso de Albuquerque
Designação anterior: Praça D. Fernando
Toponímia de Lisboa
Jardim Afonso de Albuquerque na freguesia de Santa Maria de Belém em Lisboa, Portugal, com o novo Museu Nacional dos Coches (lado direito da foto)

A Praça Afonso de Albuquerque localiza-se em Lisboa. Recebeu o nome do segundo governador da Índia, Afonso de Albuquerque. Situa-se em Belém, perto do rio Tejo. Encontra-se nesta praça o Jardim Afonso de Albuquerque.

O Palácio Nacional de Belém, residência oficial do Presidente da República Portuguesa, situa-se no lado norte da praça.

Estátua de Afonso de Albuquerque[editar | editar código-fonte]

Estátua de Afonso de Albuquerque

No centro da praça, uma coluna neomanuelina exibe a estátua de Afonso de Albuquerque, com cenas da sua vida esculpidas na base. O monumento foi inaugurado em 3 de Outubro de 1902, erigido por um legado de Luz Soriano. A parte arquitectónica é de Silva Pinto e a escultural de Costa Mota. É uma estátua pedestre, de bronze, fundida no Arsenal do Exército, com 4 metros de altura. Assenta sobre uma coluna manuelina e tem na base quatro baixos relevos representando:

  1. Entrega das chaves de Goa pelo vice-rei da Índia;
  2. Derrota dos Moiros em Malaca;
  3. Recepção do Embaixador dos Reis de Narcinga;
  4. Resposta de Albuquerque a oferta de dinheiro que lhe fizeram, significada na frase "é esta a moeda com que o Rei de Portugal paga os seus tributos".[1]

Referências

  1. Gazeta dos Caminhos de Ferro n.º 1057, 1 de Janeiro de 1932, pág. 18.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Arruamentos, integrado no Projecto Grande Lisboa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.