Preensibilidade

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Animal com cauda preênsil.

Preensibilidade, em biologia, é a capacidade que têm as estruturas como cauda, dedos, artelhos, língua, etc, de se agarrar a alguma coisa.

Entre os animais, as estruturas preênseis são fundamentais para a vida arborícola, como evidencia-se em muitos primatas e diversos outros mamíferos, como os gambás e os guaxinins, tanto na evolução de membros capazes de segurar galhos quanto de caudas que permitam funcionar como um quinto membro e mesmo pendurar-se até para o sono. Assim como no cavalo-marinho que utiliza sua cauda preênsil para se agarrar em plantas submarinas.[1]

Referências

  1. Celeskey, Matt (2005). «Monkey-Lizards of the Triassic». Hairy Museum of Natural History. Consultado em dezembro 2009. 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Biologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.