Primeiro tenente

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Primeiro-tenente, na hierarquia militar do Brasil e de Portugal, é um posto do oficialato.

Nas Forças Armadas do Brasil, o posto faz parte do círculo dos oficiais subalternos. No Exército, situa-se abaixo do de capitão e acima do de segundo-tenente; na Marinha, está abaixo de capitão-tenente e acima de segundo-tenente; na Força Aérea, está abaixo de capitão-aviador e acima de segundo-tenente.[1]

Sua função é comandar um Pelotão ou também pode exercer a função de oficial executivo de uma Companhia (militar).

Nas Forças Armadas Portuguesas, o posto de primeiro-tenente só existe na Marinha, correspondendo ao de capitão do Exército ou da Força Aérea.

Etimologia[editar | editar código-fonte]

A palavra "tenente" é provém do latim tenens, entis, no sentido de 'o que governa, administra, dirige, está à frente de'. Em francês, o termo correspondente, usado na hierarquia militar, é lieutenant, palavra introduzida no século XIII, significando 'aquele que está imediatamente abaixo de um chefe e o substitui em certos casos'.[2] Em português, a palavra 'lugar-tenente' foi introduzida no século XVI e, ainda na antiguidade, o termo foi reduzida para 'tenente', mantendo o mesmo significado. [3]

Insígnias e distintivos[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Dicionário Priberam». Consultado em 24 de abril de 2018. : primeiro-tenente.
  2. TLFi: lieutenant
  3. Dicionário Houaiss: lugar-tenente

Ligações externas[editar | editar código-fonte]