Projeto Longshot

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
1. Configuração inicial
2. Configuração em 33 anos
3. Configuração em 67 anos
4. Configuração em 100 anos

O Projeto Longshot foi um projeto conceitual de uma nave espacial interestelar não tripulada prevista para viajar para a estrela Alfa Centauri impulsionada pela propulsão nuclear de pulso. Desenvolvido pela Academia Naval dos Estados Unidos e pela NASA em 1987 - 1988, o Longshot foi projetado para ser construido na Estação Espacial Freedom o precursor para a atual Estação Espacial Internacional. Ao contrário do Projeto Daedalus, o Longshot foi desenvolvido usando somente a tecnologia já existente, embora alguns melhoramentos teriam sido necessários.

Ao contrário do motor do Daedalus de fusão de ciclo fechado, o Longshot usaria um reator de força movido a fusão nuclear. Inicialmente gerando 300 kilowatt, o reator acionaria um número de lasers que iniciariam a ignição do confinamento inercial, similar ao do Daedalus.

O reator também poderia ser utilizado para alimentar um laser para comunicações enviadas para a Terra, com o limite máximo de 250 killowatts. Na maior parte da viagem uma quantidade reduzida de energia seria utilizada para as comunicações de dados pelo meio interestelar, mas durante o sobrevoo da seção do motor principal seria descartada e a capacidade de energia seria inteiramente dedicada para comunicações a aproximadamente 1 kilobit por segundo.

Longshot teria uma massa de 396 toneladas no início da missão, incluindo 264 toneladas de hélio-3/deutério como combustível propulsor. A carga útil da missão que, incluia um reator de fissão que teria uma massa de aproximadamente 30 toneladas.

Uma diferença entre as missões Longshot e Daedalus e que a primeira entraria na órbita da estrela, enquanto que a segunda faria um rasante cuja duração é relativamente menor.

A viagem para a órbita de Alfa Centauri B levaria cerca de 100 anos, numa velocidade de aproximadamente 13411 km/s, cerca de 4,5 % da velocidade da luz e outros 4,39 anos seriam necessários para que os dados chegassem a Terra.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Beals, K. A., M. Beaulieu, F. J. Dembia, J. Kerstiens, D. L. Kramer, J. R. West and J. A. Zito. Project Longshot: An Unmanned Probe To Alpha Centauri. U S Naval Academy. NASA-CR-184718. 1988.