Protestos em Lataquia em 1999

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Protestos em Lataquia em 1999
Período Outubro de 1999
Local Lataquia, Distrito de Lataquia, Síria
Resultado Destruição dos interesses empresariais restantes de Rifaat na Síria
Sucessão da Presidência garantida para Bashar al-Assad
Causas Encerramento dos interesses econômicos detidos por Rifaat al-Assad
Participantes do conflito
Síria Governo sírio
  • polícia síria
partidários de Rifaat
Líderes
Síria Hafez al-Assad Rifaat al-Assad
Morte(s): 2 (número oficial) / Centenas (números da oposição)

Presos: ~ 1000

Protestos em Lataquia em 1999 (ou incidente de Lataquia em 1999) [1] foram violentos protestos e confrontos armados que eclodiram em Lataquia, na Síria, na sequência das eleições da Assembleia Popular de 1998. Os eventos violentos foram uma explosão de uma rixa de longa data entre Hafez al-Assad e seu irmão mais novo Rifaat al-Assad. [1] Duas pessoas foram mortas em troca de tiros de policiais sírios e dos partidários de Rifaat durante uma repressão polícial sobre o complexo portuário de Rifaat em Lataquia. De acordo com fontes da oposição, negadas pelo governo, os protestos deixaram centenas de mortos ou feridos. [2]

Referências

  1. a b George, Alan. Syria: neither bread nor freedom. 2003. p.115.
  2. Taylor & Francis Group. Europea World Year Book 2004. Europa Publications, 2004. Volume 2, p.4056

Ligações externas[editar | editar código-fonte]