Prova da tuberculina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Prova de tuberculina
A prova consiste na injeção por baixo da pele de um mililitro de tuberculina PPD
Três dias depois é avaliado o endurecimento do local da picada.

A prova cutânea da tuberculina, prova de Mantoux ou reação de Mantoux é um teste de diagnóstico que permite detectar se uma pessoa está infetada com o bacilo da tuberculose. A prova consiste na injeção de uma substância por baixo da pele do antebraço denominada tuberculina, sendo o local avaliado três dias depois. O endurecimento da pele indica que a pessoa esteve em contacto com a bactéria da tuberculose, embora não signifique que tem a doença ativa.[1]

Referências

  1. «Prova da Tuberculina (Prova de Mantoux)». Agrupamento de Centros de Saúde Porto Ocidental. Consultado em 24 de maio de 2018