Pugot

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Pugot
Título
Pugot
Descrição
Demônio decapitado
Gênero
Masculino/feminino
Região
Ilocos
Habitação
Símbolo
Aderente
{{{aderent}}}
Equivalente
Tulud Nimputul

O Pugot ("o decapitado") é um espírito maligno mítico que é encontrado na região de Ilocos.[1] Pode assumir várias formas tais como leitões, cachorros ou até mesmo humanos. Entretanto, usualmente aparece como um ser sem cabeça gigantesco e preto. A criatura usualmente reside em lugares escuros ou casas abandonadas. Entretanto, eles gostam especialmente de viver em árvores tais como as duhat (Eugenia cumini), os santol (Sandoricum koetjape) e os tamarindeiros. [2]

À parte de suas habilidades metamórficas, o pugot pode também se mover a grandes velocidades, se alimentar de cobras e insetos que encontrar entre as árvores. Ele se alimenta empurrando comida atavés do cepo do pescoço.[2]

Embora aterrador, o pugot é relativamente inofensivo. Entretanto, a criatura é apaixonada por roupas íntimas femininas e as furta quando estas estão sendo secas em um varal.[1]

O pugot também é encontrado no mito de Ifugao "Tulud Nimputul: O auto-decapitado" onde ele aparece ao herói humano. Ele foi alimentado pelo herói com carne de galinha cortada que foi misturada com sangue.[2]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b Paraiso, Salvador; Jose Juan Paraiso (2003). The Balete Book: A collection of demons, monsters and dwarfs from the Philippine lower mythology. Philippines: Giraffe Books. ISBN 971-8832-79-3 
  2. a b c Ramos, Maximo D. (1971). Creatures of Philippine Lower Mythology. Philippines: University of the Philippines Press