Mayari

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mayari
Título
Mayari
Descrição
Deidade lunar
Gênero
Feminino
Região
Tagalog do Sul
Habitação
Símbolo
Aderente
{{{aderent}}}
Equivalente
Bulan

Na mitologia Tagalog, Mayari (também conhecida como Bulan) é a deidade lunar que foi a filha de Bathala, o rei dos deuses, com uma mulher mortal. Ela é conhecidda como a deidade mais bonita na corte de Bathala.1 Ela é a irmã da Tala, a deusa das estrelas e Adlaw (também conhecido como Apolaki), deus do sol.

Em um mito pampangano, Bathala morreu sem deixar um testamento. Apolaki e Mayari lutaram para ver quem controlaria a terra. Apolaki queria governar a terra sozinho enquanto Mayari insistia em direitos iguais. Os dois lutaram o conflito com porretes de bambu até que Mayari perdeu um olho. Depois que Apolaki viu o que ele tinha feito, concordou em governar a terra junto mas em épocas diferentes. Entretanto, seu aspecto é mais fraco que o de seu irmão devido a perda de seu olho.2

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Jocano, F. Landa. Outline of Philippine Mythology. [S.l.]: Centro Escolar University Research and Development Center, 1969. 11–12 p.
  2. Rahamann, R. (1955). Quarrels and Enmity between the Sun and the Moon: A Contribution to the Mythologies of the Philippines, India, and the Malay Peninsula. Folklore Studies, 14, 202-214.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Predefinição:Esboço-mito-Ásia