Rádio Observatório de Itapetinga

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde abril de 2012). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Rádio Observatório de Itapetinga
Organização Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais
Inaugurado em 1970
Telescópio(s)
Equipamento de Patrulhamento Solar
Geografia
Localização Atibaia, São Paulo, Brasil Editar isso no Wikidata
Altitude 819 metros
Coordenadas
23° 11' 6.7" S 46° 33' 29.9" O
Website
www.cea.inpe.br/roi/

O Rádio Observatório de Itapetinga - (ROI) é um rádio-observatório localizado no sítio astronômico localizado na região de Atibaia, interior do estado de São Paulo, próximo à Rodovia Fernão Dias. O nome se deve ao fato de estar localizado no bairro chamado Itapetinga, pertencente à cidade de Atibaia, no Vale do Sol.

É muito utilizado por alunos, pesquisadores e engenheiros do INPE (entidade que detêm seu controle administrativo), Universidade Mackenzie, Univap, USP e outras instituições dedicadas à estudos de astrofísica e geofísica. Possui três sistemas radio-telescópios, além de alojamentos, cozinha, permitindo aos pesquisadores passarem algum tempo em campanhas, de acordo com a necessidade.

História[editar | editar código-fonte]

A criação do Radio-observatório remonta da década de 1970, ocasião da construção (1974) da grande antena de 13,8 metros e seus acessórios.

Na época, o controle do Rádio Observatório era da Universidade Mackenzie, sendo passado para o INPE no ano de 1982. Durante a década de 1990, a redoma (invisível para ondas de rádio) foi substituída.

Outras duas antenas operam no sítio. Uma delas é composta pelo arranjo de 3 antenas que fazem uma patrulha constante do Sol em 12 GHz. Um outro equipamento faz observações a 7 GHz.

Antenas[editar | editar código-fonte]

Existem três antenas:

  • Antena com diâmetro de 13,7 metros é a segunda maior do Brasil para fins de estudos científicos, utilizada para observações, basicamente, solares, porém pode ser utilizada para observar radiações advindas de planetas, galáxias e outros astros. Frequentemente utilizada nas frequências de 22 e 48 GHz
  • Arranjo de 12 GHz: faz uma patrulha constante das regiões ativas do Sol com suas três antenas.
  • Antena de 7 GHz

Ligações externas[editar | editar código-fonte]