Rajka

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Rajka (alemão: Ragendorf, eslovaco: Rajka, croata: Rakindrof[1]) é uma vila no condado de Győr-Moson-Sopron, Hungria.

A vila tem uma expressiva minoria eslovaca.

Etimologia[editar | editar código-fonte]

O nome vem dos nomes pessoais eslavos Rajko e Rajka (derivado de rajь: paraíso).[2]

Geografia[editar | editar código-fonte]

Rajka está localizado na Pequena Planície Húngara, a 17 km (11 milhas) a noroeste de Mosonmagyaróvár, perto do ponto em que as fronteiras da Hungria, Áustria e Eslováquia se juntam. A rodovia M15 (E65 / E75), a Rodovia 150 e a linha ferroviária Budapeste-Hegyeshalom-Rajka cruzam a vila.[3] A passagem húngara-eslovaca entre Rajka e Čunovo foi suspensa em 21 de dezembro de 2007, quando a Hungria e a Eslováquia aderiram ao Espaço Schengen.[4]

História[editar | editar código-fonte]

Rajka foi estabelecido antes do século 13.[4] Segundo o Tesouro Real Húngaro (Magyar Királyi Kincstár), era um assentamento étnico alemão na Hungria, chamado Rackendorf em 1495.[5] No século 18, era uma cidade do mercado (mezőváros) no Condado de Moson. A comunidade judaica foi deportada à força em 1944. Após a ocupação soviética da Hungria em 1946, 859 civis alemães foram expulsos de Rajka. Eles foram substituídos por húngaros étnicos expulsos da Tchecoslováquia.[4]

População[editar | editar código-fonte]

O prefeito Vince Kiss falou em 2012 de 1.000 cidadãos eslovacos que vivem em Rajka e representam um terço da população. A maioria deles é eslovaca étnica, mas uma proporção significativa é de cidadãos húngaros da Eslováquia ou familiarizados com a língua húngara. Esses cidadãos eslovacos formam uma comunidade fragmentada de dormitórios, trabalhando ou estudando em Bratislava, capital da Eslováquia, e indo diariamente para lá todos os dias.[4]

De acordo com o censo de 2011, no entanto, a população de Rajka era 2.758, dos quais 1.938 (70,3%) se declararam húngaros, 535 (19,4%) eslovacos e 284 (10,3%) alemães por etnia.[6]

Galeria[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. «Folia onomastica croatica 14/2005.» (pdf). Živko Mandić: Hrvatska imena naseljenih mjesta u Madžarskoj. Consultado em 31 de julho de 2012 
  2. Stanislav, Ján (2004). Slovenský juh v stredoveku II. (em Slovak). [S.l.]: Slovenské literárne centrum. p. 114. ISBN 80-88878-89-6 
  3. Magyarország autóatlasz, Dimap-Szarvas, Budapest, 2004, ISBN 963-03-7576-1
  4. a b c d Hídfőállás, Magyar Nemzet, 10-03-2012, Tóth Szabolcs Töhötöm, Budapest, pp. 21-26, ISSN 0133-185X
  5. Károly Kocsis (DSc, University of Miskolc) – Zsolt Bottlik (PhD, Budapest University) – Patrik Tátrai: Etnikai térfolyamatok a Kárpát-medence határon túli régióiban, Magyar Tudományos Akadémia (Hungarian Academy of Sciences) – Földrajtudományi Kutatóintézet (Academy of Geographical Studies); Budapest; 2006.; ISBN 963-9545-10-4, CD Atlas
  6. Hungarian census 2011, Győr-Moson-Sopron county (húngaro)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia da Hungria é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.