Rebelião em Zacatecas de 1835

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Rebelião em Zacatecas
México - Zacatecas (1824).svg
Região de Zacatecas
Período 11 de abril de 1835
Local Zacatecas
Resultado Vitória Centralista
Participantes do conflito
Federais Zacatecanos Centralistas
Líderes
Francisco García Salinas Antonio López de Santa Anna
Forças
3000 homens 3400 homens
Baixas
250 mortos e 2723 capturados 100 mortos

A rebelião em Zacatecas de 1835 foi um conflito armado inserido nas lutas entre os centralistas e federalistas mexicanos na primeira metade de século XIX, durante a administração do general mexicano Antonio López de Santa Anna.[1]

Por causa do fracasso do sistema federalista, o centralismo ganhou influência e congresso modificou a constituição mexicana de 1824 a fim de criar uma república centralista, limitando o poder dos estados e reduzindo o número de tropas militares.

Tais acontecimentos levaram uma rebelião em Zacatecas, onde o próprio governador, Francisco García Salinas, reuniu um exército de cerca de três mil homens contra o governo. Para por fim aos revoltosos, o presidente Santa Anna, em pessoa, dirigiu um exercito para sufocar a revolta, deixando a presidência a encargo do General Miguel Barragán.

Gárcia Salinas foi derrotado na Batalha de Zacatecas (1835), e como castigo por sua rebeldia, foi obrigado a renunciar o mandato.

Referências

  1. RIVA PALACIOS, Vicente (1940). México á través de los siglos: historia general y completa del desenvolvimiento social, político, religioso, militar, artístico, científico y literario de México desde a antigüedad más remota hasta la época actual; obra, única en su género. (G. S. López edición). México.
Ícone de esboço Este artigo sobre um conflito armado é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.