Remissão completa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Remissão completa é o termo utilizado em Medicina para designar a fase da doença em que não há sinais de atividade dela, mas não é possível concluir como cura. O termo é utilizado principalmente em relação a câncer, doenças autoimunes e infectologia, onde a ausência de sinais da doença não significa cura completa e tem risco de recidiva tardia. Para cada doença, dependendo das suas características, há um tempo determinado de ausência de sinais detectáveis em exames clínicos, laboratoriais e de imagem para o diagnóstico da fase de remissão, como por exemplo o câncer que tem como tempo estimado um período de cinco anos.

Ícone de esboço Este artigo sobre Medicina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.