Ricardo Freire

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Ricardo Freire (Porto Alegre, 29 de outubro de 1963) é um ex-publicitário e escritor brasileiro. Desde 2005 dedica-se apenas a matérias sobre turismo e hoje é considerado uma "referência no assunto".[1]

Trabalhou na W/Brasil e na Talent, entre outras agências de propaganda. São dele os bordões "Não é assim uma Brastemp" e "Folha: não dá para não ler". É autor de livros sobre turismo, e escreve semanalmente sobre o assunto na coluna "Turista Profissional" no caderno Viagem & Aventura do jornal O Estado de S. Paulo. Ele já escrevia uma crônica semanal para o caderno Guia do Estadão desde 2004. Anteriormente publicou a coluna "Xongas" para o Jornal da Tarde, entre 2000 e 2003, e para a revista Época, entre 2003 e 2004. Na mesma revista, assinou um coluna quinzenal com dicas de turismo até 2009.

Fundou e é editor-chefe do Viaje na Viagem, lançado em 30 de dezembro de 2004, um site de conteúdo sobre viagens onde recomenda roteiros, pousadas, restaurantes e passeios. É um dos mais visitados blogs de viagem do Brasil[carece de fontes?].

Livros publicados[editar | editar código-fonte]

  • Viaje na Viagem (1998) - Ed. Arx
  • Postais por Escrito (1999) - Ed. Mandarim
  • Freire's Brasil Praias (2001)
  • The Best of Xongas (2001) - Ed. Mandarim
  • O Efeito Sanfona: Confissões de um dependente Químico de Comida (2003) - Ed. Objetiva
  • O Dia em que Me Tornei… Colorado (2008) - Panda Books
  • 100 Dicas para Viajar Melhor (2008) - Globo Editora
  • 100 Praias que Valem a Viagem (2008) - Globo Editora

Referências

  1. "Com vocês, o turista profissional", O Estado de S. Paulo, 2/6/2009, pág. V4

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.