Robert William Fisher

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta biografia de uma pessoa viva não cita as suas fontes ou referências, o que compromete sua credibilidade. (desde setembro de 2016)
Ajude a melhorar este artigo providenciando fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Robert William Fisher (Brooklyn, Nova Iorque, 13 de abril de 1961) é um dos 10 maiores foragidos do FBI. É acusado de voo ilegal para evitar processos, assassinatos de primeiro grau e incêndio ilegal. Fisher tem cicatrizes cirúrgicas na parte inferior de suas costas. Observações: Fisher encontra-se fisicamente apto e é um ávido pintor de outdoors, caçador e pescador. Ele tem uma coroa dentária de ouro perceptível no primeiro dente pré-molar. Ele pode andar com uma postura exageradamente ereta, além de ter o peito empurrado para fora, devido a uma lesão na lombar. Fisher é conhecido por a mastigar tabaco intensamente. Ele tem ligações com criminosos do Novo México e da Flórida. Acredita-se que Fisher tem em sua posse várias armas, incluindo um rifle de grosso calibre.

É procurado por acusações de ter matado a mulher e dois filhos pequenos e depois incendiado a casa em que moravam em Scottsdale, Arizona, em abril de 2001.