Rossi Residencial

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Rossi
Razão social Rossi Residencial S.A.
Empresa de capital aberto (BM&F Bovespa:RSID3)
Atividade Construção civil, mercado imobiliário
Fundação 27 de outubro de 1980 (40 anos)[1]
Sede São Paulo, Brasil
Locais Campinas
Porto Alegre
Brasilia
Rio de Janeiro
Belo Horizonte e outras.
Presidente João Rossi Cupploni[1]
Vice-presidente Edmundo Rossi Cuppoloni[1]
Pessoas-chave Eduardo Alfredo Levy Júnior
Rafael Rossi Cupploni
Sérgio Pedroso Rossi Cuppoloni
Empregados 685[1]
Lucro R$ 350 milhões (2010)[2]
Posição no Alexa 1 049 971 ()
Website oficial rossiresidencial.com.br/

Rossi Residencial é uma empresa do ramo da construção civil do Brasil[3] fundada em 1980.


Acompanhe abaixo a trajetória da Rossi:

1980[editar | editar código-fonte]

Fundação da Rossi Residencial S.A.

Inicialmente a empresa teve com foco na incorporação de imóveis residenciais de alto padrão na região metropolitana de São Paulo.

1992[editar | editar código-fonte]

Criação do projeto Plano 100

Início da atuação nos segmentos voltados à classe média e baixa. Foi a resposta criativa da Rossi para o problema de financiamento imobiliário que dificultava a aquisição de imóveis pela classe média. Cerca de 14.166* unidades foram entregues em todo o Brasil. (*até julho de 2008).

1994[editar | editar código-fonte]

Distribuição regional

Inauguração da regional CAMPINAS. A atividade paulistana passou então a se chamar regional SÃO PAULO.

1996[editar | editar código-fonte]

Lançamento do projeto Vida Nova

Ao utilizar materiais de acabamento básicos e garantir a qualidade e o estilo do empreendimento, a Rossi entregou 5.241* unidades voltadas para o segmento econômico (até setembro de 2005).

1997[editar | editar código-fonte]

Emissão de ações

A Rossi captou US$100 milhões para expansão dos negócios ao emitir ações na BM&FBOVESPA e ADRs na Bolsa de Nova York.

A Rossi se torna pioneira na securitização de recebíveis imobiliários.

1999[editar | editar código-fonte]

Lançamento do projeto Villa Flora

Inauguração de um novo conceito de moradia destinado ao segmento econômico, com infraestrutura completa com paisagismo, estação de tratamento de esgoto, praças, parques, centro comercial, capela, creche, escola, clube e posto policial.

Inauguração da regional SUL com sede na cidade de Porto Alegre.

Implementação do sistema de gestão empresarial SAP.

2002[editar | editar código-fonte]

Diversificação de investimentos

Visando reforçar a atuação junto ao público de maior poder aquisitivo a Rossi adquire a América Properties, especializada na construção de imóveis residenciais e comerciais de alto padrão.

2003[editar | editar código-fonte]

Segurança para investir e crescer

Ao captar R$80 milhões no mercado de capitais e aderir ao Nível 1 de Práticas Diferenciadas de Governança Corporativa da BM&FBovespa, a Rossi assegurou o seu crescimento.

Inauguração da regional RIO DE JANEIRO com sede na capital carioca.

2006[editar | editar código-fonte]

Entrada no Novo Mercado da Bovespa

Com a entrada no Novo Mercado, a Rossi ampliou para 100% o Tag Along, oferecendo um maior grau de proteção e transparência para seus acionistas.

Expansão dos negócios

Captação de R$ 1,012 bilhões viabilizando a compra de novos terrenos, o pagamento de dívidas e o capital de giro dos novos empreendimentos.

Inauguração da regional BRASILIA, com sede no Distrito Federal.

Estabelecimento de joint ventures com outros incorporadores regionais.

Diversificação de produtos

Ingresso no segmento de projetos urbanísticos.

2007[editar | editar código-fonte]

Expansão dos negócios

Inauguração da regional NORDESTE com sede em Salvador, Rossi inaugura nova regional para expandir atuação e atingir os Estados nordestinos.

Inauguração da regional OESTE com sede em São José do Rio Preto, para atuar no oeste do estado de São Paulo e norte do Paraná.

Criação da equipe própria de vendas

Criação da Rossi Vendas, equipe própria de vendas, com o objetivo de garantir um serviço de qualidade e alto grau de comprometimento, já que os corretores são constantemente treinados e estão alinhados aos valores da Rossi.

2008[editar | editar código-fonte]

Gestão baseada no Branding

Visando aumentar o valor estratégico da marca Rossi, a empresa passou a seguir o modelo de gestão baseado no branding, redefiniu sua essência e reformulou sua identidade visual, alinhando a comunicação e a estratégia de negócios com base nos valores e atributos desejados da marca Rossi.

Entrada no Índice Ibovespa

As ações da Rossi passam a integrar a carteira do IBovespa. O Índice Bovespa é o mais importante indicador do desempenho médio das cotações do mercado de ações brasileiro, pois retrata o comportamento dos principais papéis negociados na BM&FBOVESPA.

Capitalização

Emissão de R$ 150 milhões em ações.

2009[editar | editar código-fonte]

Lançamento do Rossi Ideal

Lançamento dos projetos da linha Rossi Ideal voltados ao segmento econômico e dentro das diretrizes do plano de incentivo do governo federal Minha Casa, Minha Vida.

Capital Rossi

Estabelecimento de uma joint venture com a Construtora Capital para operar em estados do Norte do país.

2010[editar | editar código-fonte]

Expansão dos negócios

Inauguração da regional PAULISTANA, sediada em São Paulo com foco em imóveis de médio e alto padrão na capital paulista.

Lançamento do projeto Rossi Mais

Lançamento dos projetos da linha Rossi Mais voltados ao segmento econômico.

Toctao Rossi

Estabelecimento de uma joint venture com a Toctao Engenharia para operar em Goiânia e região.

Aniversário

Rossi comemora 30 anos.

2011[editar | editar código-fonte]

Norcon Rossi

Estabelecimento de uma joint venture com a Construtora Norcon para operar nos mercados de Alagoas, Bahia, Pernambuco e Sergipe com a marca Norcon Rossi.

Uso intenso de tecnologia na construção

Investimento em tecnologias de construção de larga escala, estabelecendo fábricas de pré-moldados em Brasília (DF), Campinas (SP), Campo Grande (MT), Hortolândia (SP), Manaus (AM), Serra (ES) e Porto Alegre (RS).

2012[editar | editar código-fonte]

Rossi Commercial Properties e Rossi Urbanizadora

A Rossi apresentou o processo de desenvolvimento de duas novas áreas de negócios, a Rossi Commercial Properties, para centros comerciais ligados a empreendimentos de shoppings, e Rossi Urbanizadora ,com destaque para as áreas em processo de loteamento. Por meio destas subsidiárias, será possível rentabilizar e desenvolver com maior eficiência os projetos que já estão disponíveis no estoque de terrenos da Rossi.

2013[editar | editar código-fonte]

Outlet Digital

Ação Inovadora que utilizou o canal Hangout e o Youtube para realizar vendas online de imóveis. Pela iniciativa, a empresa foi reconhecida com o 20º Prêmio ABEMD em 2014.

2014[editar | editar código-fonte]

Robot View

Clientes conheceram imóveis a distância por meio de robô equipado com câmera. A campanha recebeu o prêmio de Marketing Imobiliário na 2ª edição da Conecta Imobi 2015.

2015[editar | editar código-fonte]

O empreendimento EntreVerdes Campinas recebeu o Prêmio Master Imobiliário 2015, na categoria Preservação do Meio Ambiente.


ATUALIZAÇÃO: 17 DE JUNHO, 2019 - fonte: https://www.rossiresidencial.com.br/

Referências

  1. a b c d «Rossi Residencial S.A.». ISI Emerging Markets. Consultado em 15 de junho de 2011 
  2. «Lucro da Rossi cresce 28% no 4o trimestre». UOL Notícias. 24 de março de 2011. Consultado em 15 de junho de 2011 
  3. «Rossi Residencial firma parceria com construtora no Nordeste». Estadão: Economia e Negócios. 18 de fevereiro de 2011. Consultado em 15 de junho de 2011 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]