Rua da Prata

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Rua da Prata
Freguesia(s): Santa Maria Maior
Lugar, Bairro: Baixa Pombalina (São Nicolau e Madalena)
Início: Praça do Comércio
Término: Praça da Figueira
Comprimento: 550 m
Nomeação: 5 de novembro de 1910
Toponímia de Lisboa

A Rua da Prata é um dos principais arruamentos da Baixa Pombalina da cidade de Lisboa, situado na freguesia de Santa Maria Maior, e que liga a Praça do Comércio à Praça da Figueira. Construída após o terramoto de 1755 aquando da reconstrução da cidade, foi-lhe dado o nome de Rua Bella da Rainha. Na distribuição dos ofícios feita pelas ruas da Baixa, à Rua Bella da Rainha foram atribuídos os ourives da prata, e nas lojas que sobrassem os livreiros que antes viviam na sua vizinhança. Antigamente denominada Rua Bella da Rainha, viu, após a revolução republicana de 1910, o seu nome ser mudado para a denominação actual.

Galerias romanas[editar | editar código-fonte]

Após o terramoto de 1755 foram descobertas no subsolo da rua galerias romanas e só em 1909 começaram a realizar-se visitas, mas apenas por motivos jornalísticos ou de investigação.

A partir dos anos 80, a Câmara de Lisboa cria condições de acesso às galerias no subsolo da Rua da Prata.

Apenas uma vez por ano é permitido descer até às estruturas romanas.[1]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Arruamentos, integrado no Projecto Grande Lisboa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.