Sá (Monção)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Portugal  
—  freguesia portuguesa extinta  —
Concelho primitivo Monção
Extinção 28 de janeiro de 2013
Área
 - Total 3,96 km²
Orago S. João Baptista

é uma antiga freguesia portuguesa do concelho de Monção, com 3,96 km² de área e 200 habitantes (2011)[1]. A sua densidade populacional era 50,5 h/km².
Foi extinta (agregada) pela reorganização administrativa de 2012/2013,[2] sendo o seu território integrado na União de Freguesias de Messegães, Valadares e Sá.

Pertenceu ao antigo concelho de Valadares até 1855, pertence actualmente ao concelho de Monção.

Possuidora de lindas paisagens, Sá oferece, devido a uma variedade factores, uma excelente qualidade de vida no tocante à pureza do ambiente que lhe é reconhecida. A sua actividade económica se pauta na agricultura pecuária e vinicultura. O vinho alvarinho é um dos produtos que assumem destaque nesse contexto.

Nas inquirições de D. Afonso III, em 1258, Sá é citada como sendo uma das freguesias pertencentes ao bispado de Tui.

Em 1320, no reinado de D. Dinis é taxada em 40 libras, já então pertencia ao concelho de Valadares. Aqui nasceu Diogo Cão, descobridor de Angola e do Congo e levantador do notável padrão nas bocas do rio Zaire, filho de Pedro Cão e de uma senhora da Casa da Nóbrega, do concelho de Ponte da Barca. Descobriu o reino de Bruguela, Angola e Congo colocando o seu último padrão na Serra Parda a 21.º austrais.

A igreja paroquial, construída no século XII, é um belo exemplar do estilo românico.

População[editar | editar código-fonte]

Evolução da População  1864 / 2011
População da freguesia de Sá [3]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
372 418 329 393 389 358 375 395 392 385 358 275 236 233 200
Evolução da População  1864 / 2011
Distribuição da População por Grupos Etários
Ano 0-14 Anos 15-24 Anos 25-64 Anos > 65 Anos 0-14 Anos 15-24 Anos 25-64 Anos > 65 Anos
2001 31 30 103 69 13,3% 12,9% 44,2% 29,6%
2011 17 19 102 62 8,5% 9,5% 51,0% 31,0%

Média do País no censo de 2001: 0/14 Anos-16,0%; 15/24 Anos-14,3%; 25/64 Anos-53,4%; 65 e mais Anos-16,4%

Média do País no censo de 2011: 0/14 Anos-14,9%; 15/24 Anos-10,9%; 25/64 Anos-55,2%; 65 e mais Anos-19,0%

Referências

  1. «População residente, segundo a dimensão dos lugares, população isolada, embarcada, corpo diplomático e sexo, por idade (ano a ano)». Informação no separador "Q601_Norte". Instituto Nacional de Estatística. Arquivado desde o original em 4 de Dezembro de 2013. Consultado em 3 de Março de 2014. 
  2. Lei n.º 11-A/2013, de 28 de janeiro: Reorganização administrativa do território das freguesias. Anexo I. Diário da República, 1.ª Série, n.º 19, Suplemento, de 28/01/2013.
  3. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes
Ícone de esboço Este artigo sobre freguesias portuguesas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.