Sículos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para o grupo étnico da atual Roménia, veja Sículos (Transilvânia).
Distribuição das antigas populações indígenas da Sicília

Os sículos (em latim: siculi; em grego clássico: Σικελοί; transl.: Sikeloí) ou sicélidas foram um antigo povo da Sicília, ao qual a ilha deve o seu nome.[1]

De origem certamente indo-europeia e itálica[2], chegaram por volta do século XV a.C. à Sicília, provenientes da Itália continental, onde haviam permanecido por muito tempo. Na ilha já viviam, então, os sicanos e os elímios.

Não somos nem dóricos nem jônicos, mas sículos.

Referências

  1. Emilio Galvagno. «I Siculi: Fine di un ethnos» (PDF) (em italiano). Università di Sassari. Consultado em 16 de junho de 2010. 
  2. Os sículos pertenceriam a uma cultura tardo-apenínica. Cfr. Roberto Bosi, L'Italia prima dei Romani, Milano, Gruppo editoriale Fabbri, Bompiani, Sonzogno, Etas SpA, 1989, pag. 31

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre História da Itália é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.