SP-300

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Placa da SP-300 REFON.jpg
Rodovia Marechal Rondon trecho sobre administração da Via Rondon
traçado da rodovia SP 300 , pelo estado de são paulo (sp 300 em vermelho)

SP-300 é uma rodovia do estado de São Paulo.

Recebe as seguintes denominações em seu trajeto:

Rodovia Marechal Rondon trecho em pista duplicada

A SP-300 cruza os seguintes municípios : Jundiaí, Itupeva, Cabreúva, Itu, Porto feliz, Tietê, Cerquilho, Jumirim, Laranjal Paulista, Conchas, Botucatu, São Manuel, Areiópolis, Lençóis Paulista, Agudos, Bauru, Pirajuí, Guarantã, Cafelândia, Lins, Guaiçara, Promissão, Avanhandava, Penápolis, Glicério, Coroados, Birigui, Araçatuba, Guararapes, Rubiácea, Bento de Abreu, Valparaíso, Lavínia, Mirandópolis, Guaraçaí, Murutinga do Sul, Andradina e Castilho, todos no Estado de São Paulo.

A SP-300 é administrada por diversas concessionárias, a Via Rondon é responsável por administrar o maior trecho, entre as cidades de Castilho e Bauru ,a Rodovias do Tietê administra o trecho correspondente entre Bauru e Tietê enquanto a Rodovia das Colinas é responsável pelo trecho Tietê - Jundiaí e o menor trecho já no distrito Industrial de Jundiaí, a rodovia passa a ser administrada pela Autoban.


Principais obras de arte[editar | editar código-fonte]

Fonte: DER