Salmão

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre o animal. Para a cor, veja Salmão (cor).
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde {{subst:#time:F "de" Y}}). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Salmão (Salmo salar)
Salmon leaping at Willamette Falls.jpg
Sockeye salmon jumping over beaver dam Lake Aleknagik, AK Kristina Ramstad 1997.jpg
Salmon newborn.jpg

Salmão é o nome vulgar de várias espécies de peixes da família Salmonidae, que também inclui as trutas, típicos das águas frias do norte da Eurásia e da América. Várias espécies são criadas em aquacultura, especialmente a espécie Salmo salar.

O salmão do Oceano Atlântico volta do mar à água doce para se reproduzir, quase sempre ao mesmo rio em que nasceu. À medida que se aproxima a época da procriação, a cabeça do macho muda de forma, alongando e curvando a mandíbula inferior em forma de gancho e a carne ganha uma coloração esbranquiçada. Enquanto o salmão do Oceano Pacífico morre após a reprodução, o do Atlântico se reproduz mais de uma vez. [1]

A cor vermelha do salmão é devida a um pigmento chamado astaxantina. O salmão é basicamente um peixe branco e o pigmento vermelho é proveniente das algas e dos organismos unicelulares, que são ingeridos pelos camarões do mar; o pigmento é armazenado no músculo do camarão ou na casca. Quando os camarões são comidos pelo salmão, estes também acumulam o pigmento nos seus tecidos adiposos. Como a dieta do salmão é muito variada, o salmão natural toma uma enorme variedade de cores, desde branco ou um cor-de-rosa suave a um vermelho vivo.

Permanece na água doce nos dois ou três primeiros anos de vida antes de ir para o mar. Suporta temperaturas baixas em água doce ou salgada. O salmão adulto é alimento de focas, ursos, lobos, tubarões, baleias e seres humanos. A imensa maioria do Salmão do Atlântico disponível no mercado mundial é produzida em cativeiro (quase 99%[9]), enquanto que a maioria do Salmão do Pacífico é capturada em estado selvagem (mais de 80%).

As seguintes informações referem-se a 100 g de Salmão Atlântico criado em cativeiro:

Item Quantidade Necessidade Diária*
Calorias 261,95 10%
Triptofano 0,33g 103%
Vitamina D 411 UI 102%
Ácidos Graxos Ômega-3 2,09g 87,1%
Selenio 53,07mcg 75,8%
Proteína 29,14g 58%
Vitamina B3 11,34 mg 56%
Vitamina B12 3,25mcg 54%
Fosfóros 420 mg 42%
Magnésio 138,35 mg 34%
Vitamina B6 0,52 mg 26%

*Dados com base em uma dieta de 2.500 kcal diarias.

Referências

2.  

Ícone de esboço Este artigo sobre peixes é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.