Baleia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Baleia (desambiguação).
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde junho de 2009)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.
Como ler uma caixa taxonómicaMysticeti
Ocorrência: Eoceno Superior - Recente
 Megaptera novaeangliae no Santuário Marinho Nacional do Banco Stellwagen, nos Estados Unidos

Megaptera novaeangliae no Santuário Marinho Nacional do Banco Stellwagen, nos Estados Unidos
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Mammalia
Ordem: Cetacea
Subordem: Mysticeti
Flower, 1864
Famílias

A subordem Mysticeti compreende os maiores cetáceos, conhecidos popularmente por baleias ou rorquais.[1] Alguns membros da subordem dos Odontoceti também podem ser chamados de baleias, como é o caso da baleia-branca e das baleias-bicudas. A principal diferença entre as duas subordens é que, na Mysticeti, os dentes estão ausentes, sendo substituídos por cerdas de material queratinoso, com a função de filtrar a água e recolher o alimento. As baleias são os maiores mamíferos que vivem no planeta Terra. O masculino da baleia é denominado caxarelo[carece de fontes?].

Etimologia[editar | editar código-fonte]

A palavra "baleia" deriva do grego phállaina, através do latim ballaena[1] .

Classificação[editar | editar código-fonte]

Classificação linear dos cetáceos misticetos:

Há, ainda, vários gêneros em posição incertae sedis: †Siphonocetus Cope, 1895; †Eucetites Ameghino, 1901; †Eobalaenoptera Dooley, Fraser e Luo, 2004; †Mauicetus Benham 1939; †Pinocetus Czyzewska e Ryziewicz, 1976; †Tiphyocetus Kellogg, 1931; †Imerocetus Mchedlidze, 1964; †Mesocetus van Beneden, 1880; †Isocetus van Beneden, 1880; †Peripolocetus Kellogg, 1969; †Halicetus Kellogg, 1969; †Cetotheriomorphus Brandt, 1873; †Thinocetus Kellogg, 1969; †Otradnocetus Mchedlidze, 1984; †Heterocetus van Beneden, 1880; †Amphicetus van Beneden, 1880; †Cephalotropis Cope, 1896; †Piscocetus Pilleri e Pilleri, 1989; †Rhegnopsis Cope, 1896;

Referências

  1. a b FERREIRA, A. B. H. Novo Dicionário da Língua Portuguesa. Segunda edição. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1986. p.224
  • UHEN, M. (2000-2006). Cetacea. in Alroy, J. (ed.) 2000-2006: The Paleobiology Database.
  • McKENNA, M. C.; BELL, S. K. (1997). Classification of Mammals: Above the Species Level. New York: Columbia University Press. 631,632 e 633 p.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Baleia
Ícone de esboço Este artigo sobre cetáceos é um esboço relacionado ao Projeto Mamíferos. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.